40 comentários em “O País das Quimeras*

  1. Não sei como você sdois podem dizer uma coisas dessas
    imposivel de enteder
    ele foi e será sempre um escritor brilhante

  2. Diz isso pois desconhece o assunto, a única vantagem que vocês tem de serem ignorantes ( Jean e Dunha) é a quantidade de piadas que podemos fazer sobre as bobagens que vocês dizem sem que vocês entendam xD

  3. Elles falão isso porq são um bandu de ignorantes … num sabem distiguir o que é coisa boa … BANDO DE IGNORANTES … MACHADO DE ASSIS sempre foi e sempre será um grande HOMEM pra me … ELE SIIM É UM EXEMPLO DE VIIDA …

  4. omg gente, coisa tensa ._.
    todo mundo sabe que o Machado de Assis é óoootimo :]
    mas se voces dois ai de cima não curtem, precisa fica falando babosera ae, se sabe qe vai se humilhado depois ? :]
    gostei sim u_u’ mas nem li tudo . DHSAOUIDH’ tenso S:

  5. Encontrei blog por acaso. Gostei. Este conto do Machado eu não conhecia. Alias, acabei neste blog por que estava vendo um documentário na TV Escola sobre grandes mestres da literatura brasileira. Hoje, 07.01, versava sobre Graciliano Ramos e Machado. Li os comentários aqui postados, todos. Acho que mesmo os comentários idiotas são válidos, pois é melhor que nenhum. Para mim o melhor de Machado é Memórias Póstumas de Brás Cubas. Acho simplesmente genial. Aliás, pelo que andei lendo é ainda um romance único se não primeiro na literatura mundial. Um morto escrevendo suas memórias.

    • Olá, Daniel!
      Fico feliz por ter gostado Covil.
      Memórias não é meu romance favorito do Machado, mas é realmente um livro genial, tanto pela idéia narrativa quanto pelo enredo. Mas Dom Casmurro ainda é meu favorito, principalmente pelas deliberações do protagonista no decorrer da história.

      Quanto aos docs da TV Escola, não lembro de tê-los assistido. Preciso voltar a assistir essas TVs estatais.

      Espero que volte mais vezes ao Covil.

  6. gente ñ briguem olha vcs tão errados em falar mal do Machado de Assis olha se for pra falar mal nem vem aki comenta
    E VCS ñ importa se eles escrevem assim ou não e olha me desculpa mais pra reclamar desse tipo de escrita cara certeza que vc tem computador
    beijinhos

  7. Só Machado para fazer essa viagem em astral e conseguir fazer um belíssimo conto como este. Amigos, leiam o texto com cuidados de enamorados, releiam, sintam a história, imaginem-se no lugar do protagonista aí depois sim coloquem suas observações sem esquecerem de quem vocês estão falando.

  8. Bom na minha opiniao Machado de Assis realmente eh um grande homem e sempre sera…se vcs dois (Kaik e Jean)nao gostaram fiquem de boa e vao fazer melhor ok…fik dica (:

  9. O presente conto inscreve-se na primeira fase de Machado, à época, romântica. A isto se deve o título – O País das Quimeras – lembrando que o poeta contava cerca de 23 anos quando o deu a lume. Daí saltam, com vigor e profundidade, as mais decantadas características do romantismo, como o sentimentalismo exarcebado, as visões aéreas, vaporosas, confusas, misto de sonho, realidade e fantasias. O conto todo apresenta o problema de todo poeta apaixonado não correspondido, com sua solução espontânea : persistir em sua arte literária, como meio de revigorar a matéria prima que a sustenta – o amor próprio ferido. Quanto às personagens míticas e as situações idealizadas, refletem as densas leituras do autor, em plena sintonia com sua época (1862). De par a isto, seu exuberante vocabulário torna sua leitura doce e agradável. Uma viagem pela erudição do século XIX, tendo como cicerone o talento maior e a inventividade do imortal mestre Machado de Assis.

    • Observação: O País das Quimeras é também classificado como um dos Contos Machadianos que faz parte do “gênero fantástico”, que ele tão bem desenvolveu, com a publicação de cerca de onze trabalhos da espécie.

  10. Este conto é ótimo. Mas no Brasil o talento literário pouco ou nada vale, a não ser pra raríssimos autores. Qualquer médico medíocre cobra R$350,00 por uma consulta de meia hora, feita que nem o nariz dele, e… um escritor médio não ganha isso de direitos autorais por mês. É um péssimo negócio, por isso eu abandonei a literatura. Vejam bem: um bom conto é muito (e bota muito nisso) mais difícil de se criar do que fazer uma consulta médica. E, ao contrário do que acontece nos E.U.A., nenhuma revista ou jornal ou site que eu conheço compraria um excelente conto por R$350,00. de um escritor sem fama.

  11. Aliás, no Brasil, ao contrário dos E.U.A., ninguém compra conto, crônica ou poema. Acham que a simples menção do nome do autor já é um pagamento. Jovem, se você não tem talento literário dê graças a Deus todos os dias da sua vida. Você não sabe de quantas frustrações você se livrou. Faz quarenta anos que eu tento vender meus textos humor e os jornais, revistas, sites e editoras nem respondem às minhas cartas e e-mails. Lamento profundamente o tempo em que eu perdi escrevendo, se pudesse voltar no tempo eu jamais escreveria uma única frase na minha vida. Agora, finalmente, abandonei de vez esse sonho idiota.

  12. Por que você manda mensagens em Inglês pra gente? Que eu saiba nós estamos no Brasil e não nos E.U.A. ou Inglaterra. Não pude ler. Sugiro que você, amigo, mande mensagens só em Português. Abraços.

    • Mensagens em inglês?! Do que está falando?!
      Eu não mando mensagens pra ninguém. Se você assina o Covil, você recebe e-mails automáticos de atualização do conteúdo da página. PARTE desses e-mails vem em inglês, afinal o wordpress é um servidor americano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s